DEPRESSÃO – FIQUE ATENTO AOS SINTOMAS

COLUNA: PSICÓLOGA ROSANA LILIAM VIEIRA DE OLIVEIRA.

0
406

É primordial não confundir estados de tristeza com depressão. A tristeza é sentimento normal e natural nas pessoas, frente a uma perda qualquer. Manifesta-se diferente em cada indivíduo e pode durar alguns dias, um mês, ou talvez até mais. Porém, acaba, sem que ocorra necessidade de qualquer intervenção profissional. Progressivamente, aquele que está triste, retoma sua rotina social, familiar e de trabalho que esteve afastado por algum período. A perda pode não ser de uma pessoa amada, mas de emprego, dinheiro, sonho, statusetc. O desconforto mental e emocional de alguém, talvez, se encontre muito além do que se possa imaginar ou entender. Tristeza não é patológico, ou seja, não é doença, é emoção natural de quem consegue sentir.

Muitos creem que a depressão é uma demonstração de preguiça ou fraqueza. Homens, mulheres e crianças podem desenvolver depressão. Quem vive com essa doença precisa de alguma forma de tratamento para melhorar sua qualidade de vida. Não há cura para esse transtorno, mas existem tratamentos eficazes, como medicações e psicoterapias. É uma condição médica séria que atinge o corpo, a mente e o comportamento. Ela altera a maneira como você come e dorme, como você se sente, como você pensa sobre as coisas, pode trazer danos a sua saúde física. O transtorno depressivo é uma condição que modifica significativamente o funcionamento social e ocupacional de quem é portador causando imenso sofrimento.

Por ser capaz de se desenvolver em pessoas de todas as idades, raças, religiões, bem como, nas diferentes classes sociais, encontra-se entre as doenças mais prevalentes. A depressão, por vezes, se manifesta de váriasformas, com uma diversidade de sintomas, mas ao contrário da tristeza, ela não acaba simplesmente e agrava-se. Não é uma demonstração de fraqueza, pessoas com depressão não conseguem, em muitos casos, melhorar com seu próprio esforço, e ela é real quanto qualquer outra enfermidade como diabetes, pneumonia, câncer, mas pode e deve ser tratada.

O Que Causa Depressão? Acredita-se que as causas da depressão, supostamente, são uma combinação de fatores genéticos, biológicos e emocionais. As possibilidades de aumentar as chances de uma pessoa ter depressão podem acontecer devido a experiências dolorosas na vida como perda de pessoas próximas, desemprego, por consequência de uma doença crônica, etc. A dificuldade de lidar com estresse, pessimismo, baixa-autoestima também contribuem. Mas,também a depressão pode ocorrer sem uma razão aparente. Uma condição grave que se agrega à depressão é a tendência suicida. A desesperança sentida pelos depressivos caracteriza-se por um conjunto de expectativas negativas sobre si mesmos e sobre o futuro, que é um indicador do risco de suicídio.

A depressão é uma doença complicada, com um conjunto complexo de sintomas, porém, nem todos com depressão vão manifestar cada um dos sintomas. A quantidade e a seriedade dos sintomas, talvez, tenham variações entre cada pessoa. Alguns sinais e sintomas são: humor triste, ansioso ou “vazio” persistente; sentimento de pessimismo,; desesperança sentimento de desamparo, culpa, inutilidade; perda de interesse pelas atividades que antes gostava de realizar; dificuldade de concentração, de tomar decisões, de memória; diminuição da energia; alterações do sono (insônia ou dormir demais); apetite e peso alterados; pensamentos de morte ou tentativa de suicídio; irritabilidade, inquietude; sintomas físicos constantes que não respondem a tratamento, tais como dores de cabeça, transtornos digestivos ou dor crônica.

Se você vive com depressão, principalmente se ela é crônica ou recorrente, pode se sentir cansado e impotente. Tais sentimentos constantemente tendem fazer você desistir. Compreender que estes pensamentos fazem parte da tua depressão torna-se um passo rumo à recuperação. É extremamente necessário cuidar muito bem de você durante todo tratamento. Os momentos mais simples de seu dia-a-dia podem se tornar muito difíceis. Existem algumas coisas que você pode tentar fazer para se sentir melhor, ainda que seja um pouquinho, como: exercícios físicos; tentar ter uma dieta balanceada e saudável todos os dias; manter hábitos de sono sadios, dentro do que for possível; alguma técnica de relaxamento para diminuir seu estresse (meditação, respiração); criar uma rotina diária; controlar ou diminuir o uso ou abuso de drogas ou álcool; reduzir e evitar o estresse; converse abertamente com pessoas queridas e seus familiares a respeito do que se passa em sua vida para que os relacionamentos melhorem e tenha apoio, suporte.

Caso você, ou talvez alguém que conheça, está passando por cinco ou mais dos sintomas descritos por um período superior de duas semanas ou mais, você pode ter depressão. Converse com um profissional de saúde. Existem vários tipos diferentes de tratamento para depressão e os mais comuns são os medicamentos antidepressivos, a psicoterapia ou a combinação de ambos.Depressão não é frescura, é uma doença séria que causa grandes consequências à qualidade de vida de uma pessoa.

Por: Rosana Liliam Vieira de Oliveira

Psicóloga Clínica, Analista Comportamental, Coach Analista Educacional, Executive Coach, Professional & Self Coach e Life Coach, Palestrante Coach, com especializações em Psicologia Clínica, Psicanálise e Dependência Química.

Consultório: Rua João Resende 51, Galeria Ellegance 2º andar.

Contato: (32) 98428-6923 Claro| 98831-7353 Oi | 99138-1035 Tim (WhatsApp) | 99836-6194 Vivo

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.